Assine nossa newsletter

Quais estratégias podem ser adotadas para reduzir o custo de sua obra?

Publicado em 11/12/2018 Massa DunDun
5.0 0

Quais estratégias podem ser adotadas para reduzir o custo de sua obra?

Quem trabalha com construção civil sabe que para uma empresa conseguir lucro é fundamental saber como manter o custo da obra sob controle, afinal independentemente do tamanho da empreitada, caso a equipe não tome os devidos cuidados, é comum que os gastos fiquem maiores do que o previsto.

Por isso, para garantir a lucratividade é preciso traçar estratégias e utilizar metodologias que consigam estabelecer um bom gerenciamento sobre as despesas. O gestor deve tomar alguns cuidados, pois nem sempre o que parece ser o mais barato em um primeiro momento apresenta o melhor custo-benefício.

Diante dessa necessidade, acompanhe 8 estratégias que podem ser aplicadas para garantir economia e produtividade ao seu processo construtivo!

1. Contrate bons profissionais

Para que a construção de um empreendimento alcance o resultado esperado em custo e qualidade é essencial contar com uma boa equipe. Todo construtor sabe que um dos maiores desafios de um processo construtivo é gerenciar o capital humano envolvido, pois diversas situações indesejadas acontecem, podendo provocar desgastes entre os profissionais e causar perda de produtividade no canteiro de obra.

Dica: Como desenvolver um perfil de liderança na construção civil?

Ao realizar contratações, independentemente da função, priorize a mão de obra especializada. Apesar de normalmente ser mais cara, ela apresenta uma maior produtividade que, somada à boa qualidade do serviço, confere um ótimo custo-benefício ao investimento. Lembre-se: nem sempre o recurso mais barato é o que trará economia.

2. Construa modelos virtuais

Para garantir uma boa lucratividade, o gestor precisa encontrar meios que diminuam os riscos de ocorrerem imprevistos, afinal os atrasos são um dos principais fatores que acarretam o aumento de gastos de uma obra. Por isso, é muito importante investir na produção de projetos, já que eles diminuem a incerteza e auxiliam a execução do processo construtivo.

Com a evolução dos métodos computacionais, surgiram diversas ferramentas que permitem a arquitetos e engenheiros desenvolverem modelos virtuais que simulam todos os processos de uma construção. É possível encontrar eventuais falhas que normalmente eram descobertas somente durante a obra. Com isso, torna-se viável melhorar a qualidade do projeto, reduzir custos e aumentar a produtividade da equipe.

3. Tenha um bom planejamento

Além do projeto, o planejamento é outra ferramenta que garante a redução das despesas e deve ser desenvolvida antes de iniciar a obra. Nele o gestor consegue enxergar de maneira macro cada etapa da construção, o que permite identificar possíveis problemas que poderão interromper o andamento dos trabalhos e gerar atrasos.

Dica: Como fazer um planejamento de obras realmente eficiente? Veja nosso passo a passo!

Além disso, um bom planejamento permite alocar de maneira eficiente todos os recursos de uma obra, garantindo economia e produtividade. Não é por acaso, que de acordo com uma pesquisa realizada pela UFRGS, a falta de planejamento é o segundo maior motivo pelo não execução de determinadas atividades na construção civil.

4. Faça um orçamento detalhado

Dentro do planejamento, a etapa do orçamento merece uma atenção especial de quem deseja reduzir os custos da obra. Para que seja eficiente, essa fase deve ser conduzida de forma minuciosa e com o máximo de detalhamento possível. Assim, o gestor terá as informações necessárias para acertar em sua tomada de decisão, o que garante o cumprimento de prazos e gastos.

Quando os construtores não dão a devida importância ao desenvolvimento do orçamento, além de não terem uma expectativa realista dos custos da empreitada, é possível que passem por surpresas desagradáveis ao verem os gastos contraídos.

5. Invista em um acompanhamento minucioso

De nada adianta investir em um bom planejamento se a equipe de execução não segue ou realiza um acompanhamento adequado. Afinal, caso o gestor não use corretamente essa ferramenta, é possível que a execução das atividades não atendam às especificações técnicas presentes no escopo, o que pode gerar retrabalhos, gastos desnecessários e atrasos na entrega.

Dica: 3 maneiras de evitar problemas na seleção de fornecedores de sua obra

Para que o acompanhamento seja eficiente, é preciso que o responsável pela obra acompanhe as diversas atividades do canteiro. Assim, ele consegue perceber se o andamento da construção está de acordo com o planejado, de modo a fazer ajustes para que o empreendimento seja entregue dentro do prazo e respeite o orçamento inicial.

6. Controle os resíduos e entulhos

Ao desenvolver um plano de gerenciamento de resíduos, as empresas conseguem reduzir despesas desnecessárias. Por meio dele, os funcionários são incentivados a usar os materiais de forma eficiente, garantindo uma redução nos desperdícios.

Além disso, ao adotar esse plano, a companhia consegue reciclar parte considerável dos resíduos gerados no canteiro. Isso pode gerar faturamento e redução de despesas que seria inexistente de outra forma.

7. Aplique a regra 80/20

Muito utilizada na administração, a Regra 80/20 — também conhecida como Princípio de Pareto — afirma que 80% dos resultados obtidos por uma empresa é gerado por apenas 20% de suas atividades. Ao aplicar esse conceito na construção civil, pode-se afirmar que 80% dos custos de uma obra são provenientes de 20% dos itens.

Assim, ao descobrir o que representa a maior parcela dos gastos da construção, é possível traçar estratégias para tentar diminuí-los. Para ser bem-sucedido, o recomendado é criar uma mentalidade de inovação dentro da empresa. Assim, o gestor pensará de forma diferente, procurando trazer soluções que permitam reduzir gastos sem perder a qualidade do serviço.

8. Utilize processos construtivos modernos

Apesar de todo o desenvolvimento tecnológico existente, ainda não é comum vermos novas técnicas sendo utilizadas nos canteiros de obras brasileiro. Trata-se de um equívoco, pois hoje existem diversas formas de evitar desperdícios de recursos e trabalhar de uma maneira mais dinâmica nas construções civis.

Por isso, para quem deseja economizar na construção civil, é recomendado procurar por um processo construtivo mais atual, o qual aumente a produtividade da equipe, diminua desperdícios e consequentemente reduza os custos.

Entre os vários materiais que existem no mercado, temos a Massa DunDun. Com uma resistência mecânica e durabilidade superior, esse produto substitui a tradicional argamassa utilizando uma quantidade muito menor de massa para os assentamentos de tijolos e blocos de concretos nas construções.

Use a evolução da argamassa comum na sua obra e economize até 35%! Clique no banner e conheça nosso produto!

Economize na sua obra

Como é possível perceber, existem diversas estratégias que permitem reduzir as despesas da obra. Por isso, o mais importante é se informar sobre as últimas novidades da construção, pois, certamente, sempre surgirá alguma tecnologia ou um método revolucionário que melhore a qualidade do serviço.

Agora que você já tem algumas dicas para agilizar as obras, que tal fazer um comparativo de custos? Com certeza, você vai se surpreender!




Por
11/12/2018

O produto é a evolução da argamassa comum. É mais forte, resistente e prático. Gera menos desperdício e aumenta a velocidade da obra em até 3x!


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!