Assine nossa newsletter

Conheça os desafios e oportunidades da indústria 4.0 para as construtoras

Publicado em 20/05/2019 Massa DunDun
5.0 0

Conheça os desafios e oportunidades da indústria 4.0 para as construtoras

A indústria 4.0 trouxe uma série de oportunidades para o setor de construção civil, como a realidade virtual e a automação de certas tarefas. No entanto, também trouxe desafios que precisam ser superados com acerto.

Para ficar mais claro, essa nova indústria refere-se à quarta revolução industrial, um período de forte interseção entre o mundo real e o digital, com grandes mudanças de ordem econômica e tecnológica.

Partindo da premissa de que toda mudança do mercado pode ser uma oportunidade ou ameaça, dependendo do seu aproveitamento, vamos apresentar as principais mudanças. Portanto, continue lendo com atenção.

Modificação da estrutura empresarial

Alguns estudos da consultoria McKinsey indicam que entre 400 e 800 milhões de profissionais vão perder seus empregos até 2030 graças à automação. Hoje, muitas das tarefas repetitivas podem ser automatizadas.

Dica: Como iniciar uma obra de construção civil: o que deve ser analisado

Nesse sentido, cabe ao engenheiro repensar sua estrutura de trabalho. Quando a própria tecnologia assume parte das tarefas diárias, como o levantamento de indicadores da construção, é preciso mexer na equipe.

O engenheiro terá de modificar as equipes de trabalho, tornando-as mais enxutas. Assim, poderá economizar recursos e obter maior lucratividade. Se isso não for feito, porém, a construtura estará em desvantagem.

Treinamento das equipes de trabalho

Se, por um lado, a indústria 4.0 permite a criação de equipes enxutas, por outro demanda talentos realmente competentes no que fazem. Não há muita margem para erros ou problemas — todo o time deve estar afinado.

Felizmente, há novos meios de capacitação. Além dos treinamentos on-line, há o avanço do M-learning. Nesse caso, toda a capacitação é feita por meio de dispositivos móveis — por exemplo: smartphones ou tablets.

Integração da cadeia de suprimentos

Toda construtora conta com uma cadeia de suprimentos bastante complexa. Há enorme quantidade de materiais que precisam chegar e resíduos que precisam sair da obra, além do processo de logística reversa.

Dica: Como escolher material de construção barato e de qualidade?

As novas tecnologias podem ajudar em todo esse processo. Softwares contam com inteligência artificial que faz pedidos obedecendo aos estoques de segurança predeterminados, garantindo que nunca falte nada.

O problema é que, quando não há tecnologias que gerem previsibilidade, a cadeia de suprimentos torna-se mal gerenciada. Então, sobra ou falta muito material, gerando custos extras para a construtura ou o cliente.

Realidade virtual e aumentada

Outra mudança está na forma como os clientes veem os projetos. Hoje, há óculos de realidade aumentada que mostram como tudo vai ficar. O cliente pode passear e olhar em 360 graus a estrutura da construção. Isso, além de uma tecnologia que gera eficiência na hora de fechar novos contratos, melhora a experiência do cliente. Ele não precisa esperar a obra ficar pronta para ver como tudo vai ficar, a realidade aumentada ajuda.

Enfim, são muitas as mudanças decorrentes da indústria 4.0. Se aproveitá-las, poderá criar uma construtora mais próspera e bem-sucedida. Do contrário, pode perder espaço para a concorrência. Por esse motivo, o ideal é ficar atento e, passo a passo, planejar a obra e promover uma forte transição digital.

Para outras dicas sobre como economizar até 95% de argamassa na sua obra, confira no banner abaixo!

Economize até 95% de argamassa no assentamento

Gostou do nosso artigo? Aproveite para assinar a nossa newsletter e receber novos conteúdos sobre construção, liderança e planejamento, tudo diretamente no seu e-mail.




Por
20/05/2019

O produto é a evolução da argamassa comum. É mais forte, resistente e prático. Gera menos desperdício e aumenta a velocidade da obra em até 3x!


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!